Você está aqui: Home / Pré-Vestibular / Notícias / UFPR define datas para o vestibular e novas regras para cotas
Aumentar Fonte Imprimir
Compartilhe:
Publicado em 08/08/2014

UFPR define datas para o vestibular e novas regras para cotas

As inscrições para o concurso vestibular 2014/2015 da UFPR serão abertas no próximo dia 22 de agosto, durante a Feira de Profissões da Universidade. Os interessados poderão se inscrever pelo site do Núcleo de Concursos (www.nc.ufpr.br) até o dia 19 de setembro ou durante o evento, no Setor de Educação Profissional e Tecnológica.

A prova da primeira fase acontecerá no dia 2 de novembro e a segunda fase no dia 30 de novembro e 01 de dezembro. A prova de habilidade específica de Música, que tradicionalmente acontece antes da primeira fase, será realizada em 12 de outubro.

Em cumprimento à nova Lei de Cotas para o Ensino Superior, sancionada em 2012, a UFPR altera no vestibular 2014/2015 o porcentual de vagas destinado a candidatos oriundos de escolas públicas e que se declarem pretos, pardos e índios.

A Lei de Cotas garante a reserva de 50% das matrículas por curso e turno a alunos oriundos integralmente do ensino médio público. O ensino fundamental é desconsiderado e a cota racial é estabelecida dentro dessa reserva.

Como há um prazo de quatro anos para que as universidades federais adotem a nova política, a UFPR optou por implantá-la de forma gradual. No ano passado, foram destinadas 25% das vagas do vestibular para essa reserva. Neste ano, serão 40% das vagas.

No caso das vagas ofertadas pelo Sisu, o Ministério da Educação já aplica a reserva de 50% das vagas para estudantes fizerem o ensino médio integralmente em escola pública.

Para 2015, das 6.755 vagas que serão ofertadas pela UFPR, 1.925 (30%) serão disponibilizadas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e as 4.830 (70%) restantes, pelo vestibular próprio da universidade.

Como era

Até o ano passado, 25% das vagas do vestibular eram destinada à aplicação da Lei de Cotas. Outras 15% eram distribuídas conforme as ações de política afirmativa da instituição, sendo 7,5% de inclusão racial e 7,5% de inclusão social, que contemplavam estudantes que realizaram o ensino fundamental e médio exclusivamente em escola pública no Brasil. Os 60% restantes estam disputadas pela concorrência geral.

Como fica

A política afirmativa da própria UFPR deixa de vigorar no vestibular, e os 40% das vagas reservadas para inclusão social e racial, ou seja, 1.978, passam a atender à Lei das Cotas. Metade dessas vagas ficará disponível para cotistas com renda familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio por pessoa, enquanto as outras 50%, para quem vem de escola pública mas que tem renda superior.

Em cada um desses dois grupos, 28,51% das vagas serão destinadas àqueles que se declararem pretos, pardos e indígenas. O porcentual corresponde à proporção desses grupos étnicos no Paraná no último censo demográfico do Insituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O número absoluto de vagas pode diferir entre os grupos em razão do arredondamento por curso e por turno, que deve privilegiar pretos, pardos e indígenas e cotistas com menor renda.

Assim, 60% das vagas do vestibular continuarão sendo disputadas por candidatos que não se enquadrem em qualquer dos critérios estabelecidos para cotas.

Fonte: www.ufpr.br 

Facebook
Twitter

Rua Arapongas, 4316, Centro 87502-180 - Umuarama - PR
44 3626-4080
© ALFA. Todos os Direitos Reservados   |   Mapa do Site   |   Acesse também:    Integral Maringá   Integral Toledo    Integral Marechal    Integral Itajaí
Prestige