Você está aqui: Home / Pré-Vestibular / Notícias / UFPR divulga como cotas serão preenchidas
Aumentar Fonte Imprimir
Compartilhe:
Publicado em 21/06/2013

UFPR divulga como cotas serão preenchidas

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) informou nesta sexta-feira (14), pela primeira vez, como será o sistema de cotas usado no próximo vestibular da instituição. Como nos anos anteriores, 40% das vagas serão reservadas a cotistas e o restante irá para a concorrência geral. O que muda é o porcentual destinado aos dois sistemas de inclusão adotados pela universidade: 25% seguirão as regras da Lei das Cotas e 15% serão regidos por uma resolução interna.

Sancionada em agosto de 2012 pela presidente Dilma Rousseff, a Lei 12.711 exige que, neste ano, as universidades federais destinem pelo menos 25% de suas vagas a estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas. Esse total é repartido entre os candidatos conforme critérios referentes à renda familiar e à raça. Até 2016, metade das vagas ofertadas pelas instituições deverá ser preenchida por esse sistema.

Além disso, desde 2004, a UFPR segue a Resolução 1.707, que destina 40% das vagas a cotistas sociais e raciais. Diante das exigências da lei federal, os 15% restantes respeitarão a normativa interna, ou seja, metade dessas vagas será destinada a alunos que estudaram todo o ensino fundamental e médio em escola pública e a outra metade a pretos e pardos.

“Como não tivemos nenhuma manifestação do Cepe [Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão], mantivemos os dois sistemas. Para o ano que vem, é muito provável que os 40% sigam a lei federal”, afirma o coordenador do Núcleo de Concursos, Raul Von der Heyde.

Inscrições

De acordo com Heyde, o edital do próximo vestibular da UFPR deve ser lançado depois de 20 de julho e as inscrições ocorrerão entre agosto e setembro. Desta vez, os candidatos interessados a concorrer a algum sistema de cotas deverão especificar a sua opção já no ato da inscrição. Os vestibulandos poderão escolher entre a concorrência geral, a Lei das Cotas e o sistema de inclusão próprio da Federal.

Não tem como prever qual a alternativa mais vantajosa – e com maior chance de aprovação – para cada candidato. No entanto, quem opta pela lei federal e não conquista uma vaga reservada volta para a concorrência geral. No sistema interno da UFPR, candidatos a cotas não aprovados têm chance de garantir uma vaga nas chamadas complementares, em que todos os alunos disputam igualmente.

A data da primeira fase do vestibular está definida para o dia 3 de novembro. O calendário da segunda fase ainda não está certo, mas, provavelmente, as provas serão aplicadas em 1.º e 2 de dezembro.

Fonte: GAZETA DO POVO

Facebook
Twitter

Rua Arapongas, 4316, Centro 87502-180 - Umuarama - PR
44 3626-4080
© ALFA. Todos os Direitos Reservados   |   Mapa do Site   |   Acesse também:    Integral Maringá   Integral Toledo    Integral Marechal    Integral Itajaí
Prestige